Usamos cookies para melhorar nosso site e sua experiência. Ao continuar a navegar em nosso site, você aceita nossa Política de Privacidade.

Dicionário de Acordes para Piano (com Tabela)

Encontre qualquer acorde ou nota no piano utilizando nosso dicionário de acordes para piano interativo. Comece selecionando a nota fundamental e um tipo de acorde no painel no topo. O acorde irá aparecer no piano. Você pode clicar no botão "reproduzir acorde" para ouvir o acorde escolhido. Nós também oferecemos uma tabela gratuita de acordes para piano que contém todos os acordes maiores, menores, aumentados, diminutos e com sétima.

Reproduzir acorde
Piano image

O que são os acordes no piano?

Tocar acordes no piano não é tão difícil como parece. Na verdade, se você está tocando três notas ou mais no piano ao mesmo tempo, você já está tocando um acorde. A maioria dos acordes no piano são compostos por três notas, o que é conhecido como “tríade”.

Mas será que todos os acordes soam bem no piano? Bom, isso é uma questão de gosto, mas certamente existem regras sobre os acordes que podem te ajudar a tocar as músicas que você gosta.

Para fazer seus acordes soarem musicais, você pode aprender a estrutura dos acordes e aplicá-la de diferentes formas no piano.

Em geral, os acordes são divididos entre acordes maiores e acordes menores.

O que é um acorde maior?

Um acorde maior (também conhecido como tríade maior porque contém três notas diferentes) possui um intervalo de terça maior embaixo e de terça menor em cima. Você pode contar uma terça maior como 4 semitons no piano e uma terça menor como 3 semitons. Terças também são conhecidas como “pulos” (skips) porque quando você toca uma terça você pula um dedo e, por consequência, uma nota.

Você encontra todos os acordes maiores (e menores) na nossa tabela de acordes para piano que você pode baixar gratuitamente.

O que é um acorde menor?

Um acorde menor possui um intervalo de terça menor embaixo e de terça maior em cima. Quando você compara a estrutura dos acordes maior e menor, você pode ver que eles são ambos compostos por duas terças empilhadas. A única diferença é que o acorde menor possui uma terça menor na parte de baixo e o acorde maior possui uma terça maior. 

Como reconhecer acordes maiores e menores no piano pelo som

Um acorde maior soa mais alegre e brilhante, e traz uma atmosfera mais leve. Um acorde menor pode ser descrito como melancólico ou triste.

Aqui estão dois exemplos para você: uma música é tocada utilizando acordes maiores, e a outra é feita de acordes menores. Você consegue ouvir a diferença?

Exemplo de tonalidade maior: What a Wonderful World - Louis Armstrong

Exemplo de tonalidade menor: Schindler’s list theme

 

Qual é a estrutura de um acorde no piano?

Aprender música pode parecer inicialmente como aprender uma nova linguagem. A terminologia musical é única, com uma grande gama de termos que talvez você nunca tenha ouvido antes. Mas não se preocupe, nós iremos te ajudar!

Aqui está o Vocabulário de Acordes para Piano básico que você deve saber na hora de começar a tocar acordes no piano:

O que é um intervalo?

Um intervalo descreve a distância em altura ou relação entre duas notas. Você já entrou em contato com dois intervalos diferentes no texto acima: terça maior e menor.

O que é uma nota fundamental?

A nota fundamental é a primeira nota de um acorde. Por exemplo: Dó em Dó Maior, Sol em Sol Maior e assim por diante.

O que é uma terça menor?

Uma terça menor é a primeira e a segunda nota de um acorde menor. Por exemplo: Lá e Dó em Lá Menor, Mi e Sol em Mi Menor, etc. Você pode contar uma terça menor como três semitons no piano.

O que é uma quinta justa?

Uma quinta justa é a primeira e a terceira nota de um acorde maior ou menor. Por exemplo: Dó e Sol em Dó Maior, Lá e Mi em Lá Menor, etc. Para identificar uma quinta justa no piano, conte 7 semitons acima da nota fundamental.

O que é uma progressão de acordes (progressão harmônica)?

O termo progressão de acordes, também conhecido como progressão harmônica, é amplamente utilizado em livros de piano e tutoriais. Mas o que realmente significa esse termo?

Uma progressão harmônica é um termo utilizado na composição musical que descreve uma sucessão de acordes. Ou seja, uma progressão harmônica significa simplesmente tocar vários acordes diferentes em uma sequência particular.

O que é uma inversão de acorde?

Outro termo com o qual você provavelmente já se deparou enquanto aprendia o piano é “inversão de acordes”.

Uma inversão de acorde ocorre quando você toca qualquer nota que não seja a nota fundamental do acorde como a nota mais grave (baixo). Por exemplo, quando você toca o acorde básico de Dó Maior, inclui as notas Dó, Mi e Sol. Dó, a nota fundamental do acorde, fica na parte de baixo do acorde. A inversão ocorre quando as notas Sol ou Mi são encontradas na parte de baixo do acorde (ex. Sol, Dó, Mi ou Mi, Sol, Dó)

O que são acordes aumentados?

Um acorde aumentado é composto por duas terças maiores (uma quinta aumentada). O símbolo de um acorde aumentado é “aug”. Por exemplo, a tríade de acorde aumentado de Dó, escrita como Caug ou C(5+) [enter text link to Caug page], é composto pelas notas Dó, Mi e Sol Sustenido (#).

Aqui está um exemplo de uma partitura que contém acordes aumentados: Life on Mars - David Bowie

 

O que são acordes diminutos?

Um acorde diminuto (também conhecido como acorde menor com quinta bemol) é uma tríade que consiste em duas terças menores em cima da fundamental. É uma tríade menor com uma quinta bemol. Por exemplo, a tríade diminuta construída em Dó, escrita como Cdim ou Cº, contém as notas Dó, Mi Bemol (♭) e Sol Bemol (♭).

Aqui está um exemplo de uma partitura que contém acordes diminutos: Michelle - The Beatles 

O que são os acordes de sétima?

Um acorde de sétima é composto por 4 notas: um acorde de três notas (tríade) mais uma nota que forma um intervalo de sétima com a nota fundamental do acorde. Acordes de sétima são populares no Jazz e na música popular brasileira, e são importantes para todos os estilos de música, porque enriquecem as relações entre diferentes harmonias e tonalidades.

Aqui está um exemplo de uma partitura contendo acordes de sétima: Wayne Shorter - Speak no evil

 

Agora que você aprendeu o básico do vocabulário de acordes, vamos continuar a expandir nosso conhecimento sobre os acordes no piano!

Por quê os acordes para piano são úteis?

A maioria de suas peças e músicas favoritas no piano são compostas por acordes e variações de acordes. Quer você deseje tocar rock, pop, jazz ou música clássica no piano, acordes são o fundamento musical.

Então vamos aprender alguns acordes básicos para piano agora mesmo! Nos parágrafos seguintes, iremos compartilhar algumas de nossas melhores dicas para que você consiga tocar logo suas músicas favoritas no piano!

Se você disser “SIM” para pelo menos uma das afirmações a seguir, você deve continuar lendo!

  • “Eu quero tocar minhas músicas favoritas no piano tocando a melodia e também os acordes correspondentes.” 
  • “Eu quero tocar acordes para acompanhar um cantor (ou eu mesmo) no piano.”
  • “Eu quero improvisar uma melodia solo no piano enquanto toco o acorde correspondente.”

Vamos aprender alguns acordes simples para piano!

Existem alguns acordes fáceis que você já pode aprender. Esses acordes são muito úteis se você gosta de tocar músicas de rock, pop ou jazz.

O MangoldProject criou um tutorial para iniciantes muito útil sobre acordes para piano que você pode assistir aqui:

 

Você pode começar praticando os acordes com a sua mão direita e a nota fundamental (que dará nome ao acorde) com a sua mão esquerda.

Você pode também utilizar o pedal de sustentação no seu piano enquanto repete o mesmo acorde para fazer o acorde soar mais rico e mais musical.

Algumas das músicas mais populares foram escritas usando apenas quatro acordes. “Imagine”, do John Lennon, é uma ótima música para começar e só utiliza quatro acordes.

Exemplo de partitura Tomplay: John Lennon - Imagine

 

Os quatro acordes para piano mais comuns (com músicas populares que você pode aprender)

Vamos começar com uma introdução divertida ao tópico Músicas com Quatro Acordes. Em seu vídeo hilário, a banda de rock de comédia “Axis of Awesome” nos mostra que muitas músicas pop utilizam os mesmos quatro acordes:

 

Você pode aprender os mesmos quatro acordes populares para piano e já tocar centenas de músicas: 

Aqui estão os quatro acordes “mágicos”:

Dó Maior (I), Sol Maior (V), Lá Menor (vi), Fá Maior (IV)

Esses quatro acordes também fazem parte da nossa tabela de acordes para piano.

Você gostaria de tocar músicas que utilizam esses quatro acordes? Nós fizemos uma seleção com as Músicas com 4 Acordes do nosso catálogo de partituras Tomplay:

Elton John - Don’t let the sun go down on me

 

Continue sua jornada musical aprendendo diferentes formas de tocar acordes no piano

Depois de aprender seus primeiros acordes para piano, você provavelmente vai descobrir que tocar os acordes sempre da mesma forma repetidamente pode ser um pouco entediante. 

Então preste atenção nessas 4 dicas fáceis para fazer seus acordes para piano soarem mais ricos e variados:

  • Dobre o baixo: Toque o acorde com a sua mão direita e use sua mão esquerda para tocar a nota fundamental do acorde dobrada em outra oitava. Ex: Dó Maior (Dó-Mi-Sol), com os dois Dó graves.
  • Pense como um violonista quando estiver tocando piano: Toque os acordes com um certo ritmo. Ex: 1-2-3, 1-2-3, 1-2-3. Enfatize o primeiro tempo cada grupo de três notas. Pratique cada acorde lentamente para acertar o ritmo antes de seguir para o próximo acorde.
  • Use arpejos: Toque cada nota do acorde separadamente. Ex: 1353 1353 1353 1353 
  • Toque notas alternadas: Toque a nota fundamental do acorde separadamente das outras duas notas (que serão tocadas juntas).

Assista ao vídeo a seguir do MangoldProject para ver essas quatro dicas em ação:

 

Três formas populares de tocar acordes para piano

Muito bem, você aprendeu o básico para tocar acordes no piano e suas músicas favoritas!

Para ajudar você em sua jornada de aprendizado dos acordes para piano, não esqueça de baixar nossa tabela de acordes para piano.

Para recapitular: você pode utilizar os acordes para piano de diferentes formas.

Aqui estão as três formas mais populares para você experimentar:

  • Toque piano e cante - Essa é uma forma muito popular de tocar piano e é adequada para músicos de todos os níveis (incluindo iniciantes).
  • Toque a melodia com sua mão direita e os acordes com sua mão esquerda. Essa é uma ótima maneira de tocar músicas populares se você não gosta muito de cantar.
  • Toque os acordes com sua mão esquerda e improvise uma melodia solo com sua mão direita. Essa é uma ótima forma de tocar para pianistas mais avançados ou se você está apenas experimentando a improvisação no piano.

Partituras interativas para praticar acordes no piano

Para começar a tocar imediatamente, explore nosso catálogo de partituras para piano que te dá acesso a milhares de músicas e peças para tocar no instrumento.

Ajuda